ETNO

Esse espaço é dedicado ao ETNO, projeto que surgiu em 2002. Sou vocalista da banda e aqui você confere um pouco do nosso trabalho. Para mais informações acesse o nosso site clicando na foto.

Derivada da palavra grega – ethos –, o radical ETNO designa povo, raça ou nação.

Ao adotar esse nome para a sua banda, os músicos Tiago Freitas (vocal), Iano Fazio (baixo), Vitor Fonseca (guitarra) e Tiago Palma (bateria) procuram mostrar um pouco de sua ideologia: as pessoas são diferentes porque a identidade de cada uma delas é um mosaico de culturas. ETNO é o diálogo dessas culturas: ao admitir as diferenças, põe as barreiras por terra.

Coerentemente, a música do ETNO é um convite à reflexão, defende o diálogo e o respeito à diferença.

O rock está na raiz da banda e a ele vão se juntando diferentes ritmos e línguas. Um arsenal de melodias, ritmos, timbres e arranjos que, em sua pluralidade, criam uma musicalidade própria, aberta a muitos estilos, sem perder a identidade.

A História

Usando uma poesia cortante para expressar suas percepções de mundo, a banda tem se destacado no cenário brasiliense e, por vezes, também fora de Brasília, desde sua criação em 2002.

O reconhecimento começou com a participação no BMF 2003 Saidera e no Porão do Rock, no qual se apresentaram também Nação Zumbi e Paralamas do Sucesso.

No ano seguinte, o ETNO já participava pela segunda vez do Porão do Rock abrindo o show d’O Rappa com um público de mais de 20 mil pessoas, como prêmio por ter sido escolhida como Melhor Banda de Rock de Brasília e Melhor Banda Autoral no XXIX Festival Interno do Colégio Objetivo (FICO). No mesmo ano, ganharam ainda o terceiro lugar na Expomusic em São Paulo, única premiação dada a uma atração de fora do estado.

Outro grande destaque de 2004 foi o convite para tocar na final do VI Festival Interno de Música Candanga (FINCA 2004), na Universidade de Brasília, e para gravar o Som do Cerrado ao Vivo para a Rádio Transamérica.

Mesmo com letra de incisiva crítica social e sem refrão, a música Focos de Resistência ganhou o primeiro lugar do festival Som do Cerrado da Transamérica em 2005, e foi inserida na programação da rádio. Como prêmio, o ETNO foi convidado também a tocar no Cerrado Virtual – evento com apresentações de Marcelo D2, Pitty, Inner Circle e Dead Fish.

O sucesso de 2005 continuou com o convite para abrir o show do Korzus em Manaus, com a participação na seletiva do Porão do Rock 2005 e com o Festival Rolla Pedra. Enquanto isso, a banda produzia seu primeiro democlipe, Focos de Resistência, selecionado posteriormente pela MTV para veicular nos programas Central MTV e Riff MTV.

No primeiro semestre de 2006, o ETNO participou do seu segundo FINCA, e dessa vez, conquistou o prêmio de Melhor Banda do Festival.

O ano seguinte foi marcado por um projeto inovador: o Domingo.com rock, uma vez por mês. O ETNO convida bandas independentes da cidade e de fora, com a proposta de criar um movimento para fortalecer a cena do rock em Brasília.

Além dos pocket shows realizados, 2007 foi um ano de dedicação quase exclusiva à concepção do primeiro CD da banda, REVOLUÇÃO SILENCIOSA.

No início de 2008, o quarteto trabalhou na divulgação precedente ao lançamento do álbum, com shows plugados, e lançou seu projeto acústico apresentando versões de suas músicas autorais, além de releituras de artistas famosos como Lenine, Nação Zumbi, Manu Chao e Rage Against the Machine.

ETNO Mistura – O lançamento do disco

No dia 8 de agosto 8.8.8, aconteceu o lançamento do disco REVOLUÇÃO SILENCIOSA, no Arena Futebol Clube de Brasília. O ETNO Mistura. Uma festa/show com a proposta de misturar ritmos e culturas, trazendo os Djs Pezão e Bola do Criolina e Batidão Sonoro – representantes da cultura alternativa crescente na cidade, tocando de Hip-Hop a Ragga; a Reggae a Semente, uma banda de amigos e família do ETNO , com seu reggae envolvido por mensagens de paz; o ETNO, estreando arranjos criados para seu lançamento com participações especiais de artistas locais como Ellen Oléria (vencedora do FINCA), Dimitri Scama e Leo Calango do projeto Maverick.

E por fim, a convidada especial da noite: a banda pernambucana Nação Zumbi encerrou com chave de ouro a festa, tocando seu manguebeat repleto de sucessos conhecidos pela plateia. Com um público de mais de 3.000 pessoas, o ETNO Mistura misturou ragga, dub, reggae, hip-hop, rock e manguebeat em uma noite que fica para a memória da banda e da cidade.

2009

Ano destinado à produção de dois novos singles “Em Busca do Sol” e “Filhos de um Sonho”.

O EP foi todo produzido pelo grupo desde a produção musical até a gravação propriamente dita.

2010

A faixa “Filhos de um Sonho” foi sucesso em 2010, foi lançada oficialmente na rádio Transamérica Brasília e ganhou clipe oficial com participação dos fãs.

Em setembro do mesmo ano ETNO embarcou para São Paulo para gravar o seu novo álbum intitulado “Setembro”. O disco foi gravado no Midas Studios do renomado Rick Bonadio e teve a produção musical assinada pelo mestre Paulo Anhaia. Os teaser lançados no ETNO TV criaram uma expectativa muito grande nos fãs da banda.

2011

ETNO participou do evento de comemoração dos 51 anos de Brasília na Esplanada dos Ministérios já apresentando músicas do novo álbum.

Dia 02 de julho aconteceu o pré-lançamento do novo disco no lançamento oficial do CD “Equilíbrio” da banda paulista Granada no Hangar 110 em São Paulo.

E  finalmente no dia 06 de julho aconteceu o lançamento oficial do disco “Setembro” na Sala Martins Penna do Teatro Nacional de Brasília. Os ingressos se esgotaram com dois dias de antecedência.

O show contou com participação de vários artistas da cidade como Yuri Mello (Reggae a Semene e MPBossa), André Noblat e Rafael Maranhão (banda Trampa), Rodrigo Vegetal (Horta Project) e o produtor Paulo Anhaia. Um noite que entrou para a história do rock de Brasília.

No segundo semestre de 2011 o ETNO entrará em turnê pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

O CD está à vendas nas lojas Fnac, Livrarias Cultura e Lojas Americanas. Na internet estão na iTunes Store e Rádio UOL.

Disco no iTunes

Disco na Rádio UOL

Para agenda, vídeos, fotos e músicas acesse etno.com.br

Anúncios

11 Respostas para “ETNO

  1. Oi, Thiago.. Vc não acha que houve picaretagem na seletiva do Festival de Inverno? Existem algumas bandas que são muito boas em Brasília e possuem um currículo bom. Das selecionadas, a única que o pessoal já ouviu falar foi a Lafusa. São três bandas ruins e 2 boas… Não é de se assustar.. A produção de Brasília sempre foi assim. Os produtores preferem colocar uma banda indicada do que colocar uma banda boa…Melhor seria que a banda indicada fosse boa, não é? A banda Surf Sessions, apesar de não ter currículo, faz um som bacana… Praticamente nenhuma das bandas têm currículo. Pra que eles pediram currículo e histórico se não utilizaram para selecionar?

    • Oi Mariana, tudo bem? Olha, não dá pra saber se ouve picaretagem ou não na seleção feita pela organização e concordo que existem outras bandas com mais currículo e tal, mas não achei a seleção ruim. Acho que está dentro da proposta do evento.
      E obrigado por citar o ETNO no outro comentário que fez, mas nós não nos inscrevemos para o Festival de Inverno de Brasília 2009.

      Espero que volte mais vezes.

      Beijo

  2. Acredito muito no trabalho de vocês e sou fã incondicional! Deus abençoe sempre!

  3. Oi Thiago tudo bem? Conheço a ETNO a pouco tempo mas já sou fã de vcs, parabéns velho!!! o som de vcs é muuuito bom, gostaria de saber se no site da banda consigo as cifras e tablaturas de vcs? Obrigada, bj fique com Deus!

    • Olá Marcelly,

      Fico muito feliz de saber que gosta do nosso trabalho. Vc já tem o nosso disco?
      Pode fazer o download gratuitamente no nosso site – http://www.etno.com.br

      E estamos no twitter também – http://www.twitter.com/etno_

      Espero que possamos nos encontrar nos próximos shows.

      Esse final de semana tem show dia 11 (sexta-feira) com o Cordel do Fogo Encantando e dia 12 na concha acústica da UnB.

      Beijos e volte sempre.

  4. Jennifer Horrany

    Caramba, confesso que nunca tinho ouvido falar nem do Tiago muito menos na banda Etno. Mas graças ao festival “Brasília Rock Sinfônico” sou a mais nova fã da banda e do Tiago. Nossa cheguei em casa naquele dia sem voz de tanto gritar!
    Tiago tu canta muito bem, e o som da sua banda é fantástico espero ter a oportunidade de ir um dia em um show da banda Etno! vai ser muito louco…
    Adorei!!
    beijoss!

    • Oi Jennifer! Poxa, que bom que tive a oportunidade de mostrar um pouco do meu trabalho como músico para você no Bsb Rock Sinfônico. E que bom que gostou do meu trabalho como cantor e da minha banda ETNO. Já tem o nosso CD? Baixa ela gratuitamente no nosso site – http://www.etno.com.br

      Desculpe não ter respondido antes, mas é que eu tava trabalhando muito e sem tempo de visitar o meu próprio blog. Seja bem vinda e volte sempre!

      Beijos

  5. Freitas, fiquei muito feliz de ter encontrado seu blog e saber que chegou tão longe.
    Não deve se lembrar de mim, mas estudei no INEI, na turma do Rafael, da Fabiana, do Leo, rs lembrou? Engraçado que sempre estive muito ligada a música e cursei comunicação – hoje sou produtora também. E fico emocionada de rever alguem tão querido fazendo tanto sucesso e trilhando um caminho que é o memso que estou buscando.
    Sabe, uma coisa que ficou nos meus arquivos emocionais: a nossa formatura, quando você subiu no palco e cantou com a banda, nunca vou esquecer, naquele momento aquela atitude parecia ser tão enorme e hoje tão comum de se ver na sua história. É, fiquei muito impressionada, especialmente naquele dia em que as emoções estavam amplificadas.
    No mais, eu vi que sua banda tocou no pré evento do Cerrado Virtual. Então, tem duas bandas que eu produzo que irão tocar no segundo dia do Festival, a “Roda na Banguela” e “A Muringa”. De repente, a gente pode estreitar laços em parcerias.
    Fica o convite e a felicidade de ter te encontrado fazendo tantas coisas boas. Foi bom lembrar do passado!! Abraços!
    Meu orkut: Ane Ethel Produ S. A.

  6. Conheço a banda a pouco tempo no Palco do Rock de Salvador. Uma das poucas bandas que me identifiquei o suficiente pra correr atrás e graças a humildade e atenção deles consegui chegar perto e conversar um pouco. Saiba que estou ansiosa pra revê-los por aqui. Vcs merecem todo o sucesso do mundo. Grande beijo de uma fã que tem o CD autografado da ETNO. rsrsrs

  7. Oi Tiago!
    Eu conheci a Banda Etno na lista de bandas do PDR 2011, ouvi o som de vcs e gostei muito.
    O Brasil precisa de rock como o de vcs, e não dessas coisas que tocam por ai. Vou está bem na frente do palco dia 30 de julho, só curtindo a musica de vcs!
    Vei parabéns pelo trabalho bem feito, espero que quando vcs firarem famosos mesmo não troque Brasilia, pois aqui o Rock e verdadeiro e valorizado!
    Fica com Deus e abraços a todos da Etno!

  8. Otávio Sobral

    Caro Freitas,
    Parabéns por toda diferença que têm feito com o ETNO no cenário musical, não no DF mas sim na indústria musical brasileira, que infelizmente têm apresentado tantas músicas com versos pobres jogados ao vento, parabéns pela forma com que usam a música para passar uma mensagem positiva para quem precisa, pela energia que vcs passam no palco e principalmente pela personalidade de vcs! Desejo todo sucesso do mundo para o ETNO, um grande abraço!

    Otávio Sobral. ( vocalista banda Rhadica )
    http://www.youtube.com/bandarhadica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s